18 de dez de 2010

sinceramente, eu odeio você

Então você ficou de costas. Eu esperava que viesse até mim mais rápido. Que me dissesse o quanto sentia por ter me magoado. Infelizmente, eu não era a garota dos seus olhos, e você não era o mocinho do filme.
Então agora que tudo está mais claro. Eu gostaria de dizer a você que sinceramente, eu odeio a forma como seus olhos voltam-se em minha direção. E odeio quando você me deixa esperando sem resposta. Odeio o jeito como você me trata, e os elogios que não me faz.
De qualquer forma, e sinceramente, eu odeio você. Mas, ainda, odeio mais a mim. Pelo simples fato de ter levado muito tempo pra perceber o quanto eu te odiava.,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blogroll